Reciclagem de Tetra Pak


Muitos ainda não sabem mas as embalagens Tetra Pak, aqueles caixinhas de leite longa vida, sucos e muitos outros, vão para o lixo todos os dias. Sua decomposição leva milhares de anos, além de ajudar no efeito estufa através da eliminação do CO².

Existem diversas tecnologias disponíveis para a reciclagem das embalagens da Tetra Pak. A reciclagem das fibras e do plástico/alumínio que compõem a embalagem começa nas fábricas de papel, em um equipamento chamado "hidrapulper", semelhante a um liquidificador gigante.

Durante a agitação do material com água e sem produtos químicos, as fibras são hidratadas, separando-se das camadas de plástico/alumínio. Em seguida, essas fibras são lavadas e purificadas e podem ser usadas para a produção de papel utilizado na confecção de caixas de papelão, tubetes ou na produção de material gráfico, como os folhetos distribuídos pela Tetra Pak
O material composto de plástico/alumínio é destinado para fábricas de processamento de plásticos, onde é reciclado por meio de processos de secagem, trituração, extrusão e injeção. Ao final, esse material é usado para produzir peças plásticas como cabos de pá, vassouras, coletores e outros.

Outro processo de reciclagem permite que o plástico com alumínio seja triturado e prensado a quente, transformando-se em uma chapa semelhante ao compensado de madeira que pode ser usada na fabricação de divisórias, móveis, pequenas peças decorativas e telhas. Esses materiais têm grande aplicação na indústria de construção civil.

É isto aí, quando a coleta seletiva passar em sua rua, encaminhe também estas caixinhas, ajuda a salvar o nosso meio ambiente.
Assista ao vídeo Desperdício Zero.

1 Comentário:

Nacir Sales disse...

SUCATAS:
Li o post, visitei os links... conclusão: tanta tecnologia jogada no lixo, como lixo. A embalagem tetra pak apresenta um estruturado conjunto de inúmeras vantagens e avanços contidos em uma caixinha pak. O problema é que toda esta tecnologia é jogada no lixo, como lixo. Enquanto consumimos uma enorme montanha de lixo vai se formando e a via de combate a este processo é exatamente a conquista de mentes e espaços de influência (como o SUCATAS). Quando supermercados perceberem clientes com o saco cheio de tantos sacos plásticos, indústrias perceberem contaminação negativa às suas marcas pelo uso irracional de embalagens, quando houver afetação nos negócios... mas antes a afetação tem que se dar nas mentes, o alvo é a mente. Dai o valor de SUCATAS e as ações que tenham por alvo a mudança do posicionamento do tema no local certo: as mentes. Se o espaço mental não se recicla e acumula lixo, o mesmo se manifesta no ambiente externo, o mundo.

Postar um comentário

Não esqueça de deixar o email ou endereço do site/blog, ainda não tenho bola de cristal, rs.

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO